A cadeia de produção de alimentos e sua complexidade

Seguindo nossa parceria com a GEPEA, em julho, vamos abordar o tema da Importância  e Complexidade do Food System, e vamos conversar sobre o funcionamento, impactos e inovações na área da cadeia de produção de alimentos.

A parceria entre o GEPEA  e a Food Ventures visa  criar um conteúdo rico, que traga a visão de negócios da Food Ventures em conjunto com a visão acadêmica da Empresa Júnior. 

Dessa forma, dois assuntos foram discutidos  até agora: um sobre as mudanças na indústria com Covid19 e outro sobre o papel da embalagem.

Hoje, começamos uma nova série de textos em parceria com a GEPEA: Food System.

O texto dessa semana abrange questões relacionadas ao funcionamento e estruturação da cadeia de alimentos.   

Aproveite a leitura!

Não deixe de ler: “Como a indústria de alimentos tem se adaptado ao novo contexto?

Como funciona a cadeia de alimentos?

Para boa parte da população, a forma como o alimento chega na sua mesa ou boca, é um mistério. Com o desenvolvimento da tecnologia e o acesso a informação, cresce o interesse do consumidor por saber de onde vem a sua comida. 

Nesse texto, abordaremos a temática dos negócios e as  visões do porque é importante entendermos sobre toda a cadeia de alimentos que está por trás das comidas que chegam até nós. Em grande parte dos casos,  a produção de um alimento ou bebida é simplificada por: 

  • Fazenda – Produção ou Criação;
  • Indústria – Processamento
  • Transporte – Distribuição;
  • Varejo – Venda;
  • Consumidor;

Essa simplificação auxilia no entendimento da cadeia . Entretanto,  aqueles que trabalham na indústria sabem que essa sequência não é tão simples e podemos adicionar facilmente algumas fases: indústria de ingredientes, embalagens e reciclagem. Quais mais você já pensou até agora?

Aqui vamos escrever sobre a cadeia de alimentos depois da fazenda, ou da porteira para fora. E ainda vamos de trás para frente! A primeira etapa da nossa cadeia a ser discutida será, então, consumidor

Ele é peça chave e todo alimento deve ser produzido pensando nele. Esse consumidor é o principal responsável por toda a complexidade da cadeia de alimentos. Afinal, se você quer comer um kiwi da Nova Zelândia, você consegue, mas você consegue imaginar como foi que ele chegou na sua mesa? 

Aproveite para saber mais sobre como obter sucesso na indústria de alimentos. 

Por exemplo, a legislação é uma parte importante dessa complexa cadeia. A legislação muda de país para país e em alguns lugares de Estado para Estado. Essa legislação impacta os custos de impostos, a embalagem do produto, a forma como ele é armazenado e vendido. Sem ela muita coisa seria diferente.

O ecossistema de produção

 Vamos apresentar uma ilustração que pode ajudar na continuidade do tema:

A figura mostra toda a cadeia de alimentos: o ecossistema de produção. Além do comércio, transporte e indústria da primeira figura, os alimentos passam por diversas outras cadeias de produção e estão sujeitos a sistemas políticos (onde estaria a legislação) e fatores externos. 

O alimento começa na porteira da fazenda e percorre, com ajuda do transporte e logística, todo o ciclo até o consumidor. Esse ciclo é composto pelas áreas de: pesquisa (P&D), embalagem, seguros (contra falsificação por exemplo), sistema financeiro, legislação e desperdício (área que precisa crescer muito ainda, já que desperdiçamos ⅓ do que produzimos) até chegar no cliente.

O cliente, hoje, além de receber influência de decisão de compra de fatores externos (anúncios, nutricionistas, amigos), escolhe seu produto e quer conhecer todo o ciclo de produção ou seu ecossistema.

Entretanto, explorando além dessa cadeia, devemos olhar os fatores externos, da cadeia,  que envolve a análise do seu mercado, o Marketing (Influenciadores), a internet (hoje muito ativa com a pandemia), a saúde (muitas pessoas não sabem que alimentos não podem alegar ter funções de saúde por exemplo) e todo nosso ecossistema ambiental.

O ecossistema de produção de um alimento é complexo, e no caso de produtos que atravessam fronteiras, essa complexidade aumenta. O “farm to table” é muito grande e complexo, e com muitos desafios para criarmos soluções.

Como toda essa cadeia vai se transformar? 

Durante essa série, vamos explorar mais como essa complexidade ajuda no desenvolvimento de uma cadeia de produção segura e cria oportunidades de novos produtos, empresas e negócios. 

Com as mudanças do mundo digital  o setor de alimentos  passará por muitas mudanças também. Você já deve ter ouvido falar que muitos dos  empregos daqui 20 anos não existem hoje. Nossa relação com a comida irá mudar.

Imagina uma empresa crescer tanto porque ela consegue impactar toda uma cadeia de produção?

Que outras ideias devem surgir quando começarmos a pensar na complexidade da cadeia de alimentos. De que outra forma vamos comer algo no futuro que não pensávamos hoje? 

Insetos? Carne cultivada em laboratório? Pílulas que substituem a necessidade de comer?

Aguarde os textos das próximas semanas para ficar mais ligado ao tema! 

Acesse nossas redes sociais para mais informações e não percam! 

Mas conta para nós o que achou sobre esse conteúdo e o que vem percebendo nesse novo contexto que estamos inserido. Entre em contato conosco para conversar e trocar experiências, e saber mais sobre nossos serviços e como podemos o ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s